Claros Sinais de Loucura

Ayia Maratuldë! Um livro que eu simplesmente amei foi Claros Sinais de Loucura, escrito por Karen Harrington. Eu adorei a forma como ela escreveu, e com certeza tive aquela sensação, ao largar o livro: "não posso parar de ler! Por quê raios eu parei?".  A história, o romance, as ideias loucas, tudo é muito bom. Sendo assim, aí vai uma resenha rápida para vocês:

Sarah Nelson vive uma vida um pouco perturbada, pelo fato de sua mãe ter tentado matar ela e seu irmão quando bebês, somente ela sobreviveu. Ela mora com seu pai, sua mãe está em um hospício, e ela está tentando saber se é "louca" igual a mãe. Muitas coisas acontecem nesse meio tempo... Coisas que provavelmente vão influenciar no seu futuro, positivamente e negativamente. E certamente, Sarah tem muitas perguntas para fazer ao seu pai, mas como ela diz: 

"Ele é como sorvete duro e congelado, e eu sou uma colher fina. O que descobri foi: você não consegue tirar muito sorvete, por mais esforço que faça, a colher vai acabar envergando."

Quando ela se torna "mulher" , vê um mundo diferente, mas não muda muito interiormente. Ela tem uma melhor amiga, uma planta, a qual ela confidencia seus maiores segredos... Talvez ter uma melhor amiga planta seja um claro sinal de loucura.  
Ela também cria uma paixonite por um rapaz, parente dela... E essa paixonite causa mais reviravoltas na sua vida. Ela não quer morrer de tédio passando as férias na casa dos avós, e se rebela por sua liberdade de ter férias dignas. 
O mais cativante na história, e é um fato que maioria das pessoas que gostam de ler vão se identificar, é o fato de Sarah gostar de escrever cartas, para um personagem de televisão que ela se inspira e admira. Sua ingenuidade e inocência, sendo criança, representa exatamente o que uma criança de doze anos pensa, mas Sarah não é uma criança normal, talvez, realmente... Ela esteja ficando louca. 

xxLuanaxx

Nenhum comentário:

Postar um comentário